Usda eleva produção de soja e milho dos EUA; mercado esperava mais

Usda eleva produção de soja e milho dos EUA; mercado esperava mais

Na história: temporada 2014/15 tem sido clima quase perfeito para os norte-americanos, com produção histórica.

Na história: temporada 2014/15 tem sido clima quase perfeito para os norte-americanos, com produção histórica.

Com números mornos, o relatório de oferta e demanda divulgado no início da tarde desta sexta (10) pelo  Departamento de Agricultura dos Estados (Usda) trouxe projeções de colheita dos dois principais grãos abaixo do esperado pelo mercado internacional. De acordo com o órgão, as lavouras norte-americanas vão render 106,8 milhões de toneladas de soja – 300 mil toneladas acima da estimativa divulgada no mês passado. Para o milho são esperadas 367,68 milhões de toneladas, pouco mais de 2 milhões de toneladas acima do último relatório.

O reajuste ficou abaixo do que os investidores previam. Pesquisas realizadas antes da divulgação dos números indicavam que a produção da oleaginosa teria potencial para alcançar 108 milhões de toneladas e a de milho, mais de 368 milhões de toneladas.

No quadro da soja, o aumento foi provocado por uma revisão nos índices de produtividade das lavouras. O rendimento previsto é de 52,8 sacas por hectare (3,168 kg/ha), ante 52,2 sacas por hectare (3,132 kg/ha) estimadas em setembro.  A principal alteração no quadro norte-americano foi a redução dos estoques finais da temporada 2014/15, que caíram de 12,9 milhões de toneladas para 12,2 milhões de toneladas. O número atual já havia sido antecipado no relatório de estoques trimestrais do Usda.

O dado causou reviravolta nas cotações futuras negociadas na Bolsa de Chicago. Após abrirem o pregão desta sexta em forte baixa, os preços passaram a trabalhar em terreno positivo com as novas estimativas oficiais dos Estados Unidos.

Autor: Agronegócio Gazeta do Povo (AgroGP)

Sobre o Autor

Deixar uma resposta




  • Chinese (Traditional)EnglishFrenchGermanItalianPortugueseRussianSpanish